marca nova ecomodas.png

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vic Benedetti

Vocalista do Pier49 Music

Faça um tour virtual pelo Viveiro Educandário da EcoModas no Parque Municipal Juarez Frotté.
 
O Viveiro Educandário da EcoModas tem por objetivo reaproveitar cones de linhas vazios gerados pela EcoModas para cultivar árvores nativas da Mata Atlântica que são usadas para preservar nascentes e matas ciliares. Também se reutiliza cones de linhas doados pelas confecções do polo industrial de Nova Friburgo.
 
A EcoModas utiliza este espaço como ambiente educacional para promover a conscientização ambiental de crianças, jovens e adultos. Neste sentido, escolas públicas e privadas levam seus alunos para realizarem aulas práticas sobre meio ambiente.
 
Mais do que reaproveitar lixo têxtil e plantar árvores, a meta da EcoModas é envolver a todos para que se preserve o planeta. 
 
  Quer levar seus alunos para uma aula prática de educação ambiental no Viveiro Educandário?   
 
  Fale com gente!  
 
As sementes utilizadas na produção das mudas do Viveiro Educandário são recolhidas em  árvores existentes na própria região. 
 
A EcoModas também conta com a participação de voluntários, especialistas e também recebe doações da população.
 
Periodicamente, realizamos campanhas veiculadas pelas emissoras de televisão locais e também em suas redes sociais para sensibilização e arrecadação de sementes.
 
Os interessados também podem realizar doações para aquisição de sementes e outros itens essenciais para manutenção desta iniciativa ambiental.

 

 
 
COLETA DE SEMENTES
 
História Resumida
Desde 2010, Alex e Adriana Santos da EcoModas reutilizam lixo têxtil, gerados pela própria confecção e também de outras confecções de Nova Friburgo, para cultivar árvores nativas.
 
Iniciaram com o reaproveitamento de sacolas plásticas de embalagem de bojos moldados - usados para fabricação de sutiãs. Logo, em 2011, passaram a reaproveitar cones de linhas vazios que, ao contrário das sacolas, podem ser reutilizados por diversas vezes por conta da muda ser retirada destes carreteis plásticos antes de irem para o solo em definitivo. Inclusive, eles contam com um laudo técnico de aprovação desta técnica assinada pelo Instituto Politécnico da Uerj para o reuso dos cones plásticos.
O respectivo projeto iniciou-se nas escolas, ou seja, Alex e Adriana Santos da EcoModas levavam para dentro das instituições de ensinos (públicas e privadas) pequenos viveiros de mudas contendo cerca de 100 pequenas árvores que eram cuidadas pelos alunos sob a orientação dos próprios professores. Houve uma época em que o projeto existiu em 08 escolas e mais outras 05 também queriam ter um viveiro, e foi aí que eles decidiram criar um espaço maior para otimizar as ações dentro do projeto. O Viveiro Educandário nasceu com o próposito de se tornar um ambiente propício para receber estudantes e fomentar a conscientização ambiental. A meta de Alex e Adriana é de implantar outros viveiros em locais estratégicos em Nova Friburgo.
 
DOE CONES DE LINHAS VAZIOS PARA O CULTIVARMOS MAIS ÁRVORES
_MG_0751.JPG
Cones de linhas são feitos de plástico (polipropileno) que, se for descartado no meio ambiente, poderá levar SÉCULOS para se decompor.
 
No Projeto Ambiental Viveiro Educandário da EcoModas cones de linhas vazios são reutilizados para acomodar a terra onde a muda é cultivada ao longo de um período entre 06 a 12 meses até o momento em que são plantadas próximos de rios e nascentes.

 

Após o plantio, os cones retornam ao Viveiro Educandário para o cultivo de novas árvores.