Nome Científico: Caesalpinia pluviosa.

 

Família: Fabaceae.

 

Subfamília: Caesalpinioideae.

 

Nome vulgar: Sibipiruna, Cola cabaço, Pau brasil, Sabipira e Coração de negro.

 

Ocorrência natural: Pantanal e Mata Atlântica.

 

Origem: Bahia, Mato Grosso, Rio de Janeiro.

 

Locais de ocorrência: Centro-Oeste, Nordeste, Sudeste.

 

Altura: Podendo variar de 6 a 18m.

 

Tronco: Possui de 30 a 40 cm de diâmetro, o tronco é revestido por casca com ritidoma escamoso.

 

Folhas: As folhas são bipinadas com haste central de 20–25 cm de comprimento com 8-9 pares de pinas, cada uma com cerca de 11-13 pares de folíolos de 10-12mm por pina.

 

Flores: Ramos cônicos eretos com flores amarelas.

 

Frutos: Vagens compostas de duas valvas secas, lenhosas, longas e coriáceas com 7,6-12,0 cm de comprimento por 2,7-3,1 cm de largura. Quando maduras, as vagens rompem-se por torção em deiscência explosiva arremessando de uma a cinco sementes,não sendo comestíveis.

 

Utilidade: Arborização urbana e serraria.